Material para Concurso de Sargentos

terça-feira, 15 de maio de 2012

Casa de coronel da Polícia Militar é alvejada a tiros na madrugada

 

Investigação foi aberta para descobrir os autores dos tiros que acertaram a residência do oficial

Por: NONATO SOUSA

A residência do coronel da Polícia Militar, Rosael da Silva Dias, localizada na rua 9 de Julho, no bairro São Francisco, foi alvo de atentado a tiros na madrugada de ontem. Vários tiros foram disparados contra a casa do militar, mas ninguém ficou ferido. Os projéteis atingiram o portão principal de entrada e saída do imóvel, além da parede da casa e de um carro que estava na garagem. Durante o atentado, apenas a mulher e as filhas do coronel estavam dormindo na casa e só descobriram o que tinha acontecido pela manhã.

A esposa de Rosael Dias chegou a falar aos policiais que ouviu o barulho dos tiros de madrugada, mas não se atentou que pudessem ter sido disparados contra sua casa. Um vizinho também disse que ouviu, mas acreditava que se tratava de tiros em via pública e também não suspeitou que fossem na casa do coronel. Ninguém ouviu barulho indicando se carro ou moto foi usado pelos atiradores.

A suspeita dos policiais que atenderam a ocorrência é de que o atirador possa ter se aproximado do local a pé para não chamar a atenção e evitar que o veículo fosse visto. Apesar dessa informação policial, extraoficialmente a Folha apurou que a polícia já tem imagem de um carro que esteve no local na madrugada do atentado, capitada pela câmera de uma residência próxima. Também o momento dos tiros teria sido captado pela câmera. 

O tenente-coronel Barros Oliveira e o major Santana, comandante do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) da Polícia Militar, estiveram na casa do colega de farda para verificar a ocorrência e dar assistência à família do coronel Rosael Dias, que não se encontra na cidade.

De acordo com Barros Oliveira, o comandante da PM, coronel Gleison Vitória, determinou empenho na apuração do caso e acionou a cúpula da Polícia Civil, cujos peritos foram ao local para fazer a perícia do crime e recolheram pelo menos quatro projéteis de alguns dos tiros efetuados contra a casa e o carro do coronel. Os projéteis podem ser um revólver cujo calibre será determinado com exatidão pelos peritos em seu relatório final.

VIAGEM – A Folha apurou que, na ocasião do atentado, o coronel Rosael Dias se encontrava em Brasília em um encontro para tratar de assunto relacionado à segurança. Por telefone, ele informou que, em razão do fato, retornaria para Boa Vista na madrugada de hoje.

Quanto ao que poderia ter motivado o atentado, o coronel acredita que possa ter a ver com sua função policial. Informou que atualmente é o comandante do Comando de Policiamento da Capital (CPC), e que adotou algumas medidas administrativas que desagradaram alguns militares, o que pode ter envolvimento com o episódio em sua casa.

AMEAÇA - Barros Oliveira destacou que, dias atrás, teriam surgido ameaças no site de uma associação policial e informou que, se houver indicio de que o atentado contra a casa do seu colega foi praticado por algum integrante da corporação, poderá ser aberto um inquérito policial militar.

Caso contrário, a investigação será mesmo da Polícia Civil. Ele disse que o atentado à casa do coronel Rosael é “algo lastimável e lamentável” e que deve ser investigado com extremo rigor a fim de que os responsáveis sejam punidos de maneira a dar exemplo para que fato semelhante não ocorra mais.

Fonte: FolhaBV

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados neste blog deverão ser identificados, não sendo mais permitidos comentários anônimos. Para poder comentar você deve fazer parte deste blog clicando em "CADASTRE-SE NO BLOG - Fazer parte deste site".

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.