Material para Concurso de Sargentos

quinta-feira, 28 de abril de 2016

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DA ELEIÇÃO GERAL TRIÊNIO 2016/2019

O Coordenador Geral em exercício da Associação dos Policiais e Bombeiros Militares de Roraima – APBM/RR, de acordo com o Art. 61, Art. 63 e Art. 64 do Estatuto, bem como Art. 25 e Art. 26 do Regimento interno em vigor, ambos da APBM/RR, torna público a convocação das Eleições diretas para os cargos do Colegiado Geral e Conselho Fiscal, conforme as disposições a seguir:

1.       DA COMISSÃO ELEITORAL
1.1   A Comissão Eleitoral para conduzir o Processo Eleitoral que elegerá o no Colegiado geral e Conselho Fiscal do triênio 2016/2019, será composto pelos seguintes sócios efetivos, com as respectivas funções:

            a)       HUMBERTO ALVES NOGUEIRA, Matrícula 44001785 – Presidente
            b)      JOSÉ DE ARIMATÉIA ARAÚJO DE LIMA, Matrícula 47000157 – Secretário.
            c)       PAULO AFONSO BARBOSA DE LIMA, Matrícula 47000566 – Membro.

1.2   Esta comissão Eleitoral será responsável por cumprir e fazer cumprir as previsões estatutárias e regimentais concernentes as eleições gerais da APBM/RR.

2.       DA ASSEMBLEIA GERAL PARA REALIZAÇÃO DA ELEIÇÃO

2.1   Convocar por meio deste edital, Assembleia Geral ordinária para a Eleição do colegiado Geral e Conselho Fiscal da APBM/RR, que será realizada dia 26/06/2016, conforme o presente Edital, com os sócios efetivos em pleno gozo dos direitos estatutários e regimentais, especificamente os que atendem o estabelecido no parágrafo único do Art. 28 do Regimento Interno da APBM/RR, no horário das 08h00 às 17h00, nas Seções Eleitorais a serem definidas por meio de Edital de Divulgação das Eleições, de autoria da Comissão Eleitoral.
2.2   A operacionalização da eleição será realizada de acordo as normas baixadas pela Coordenadoria Geral da APBM/RR, constantes do anexo único da Portaria nº 02/APBM-RR/2016, de 26 de abril de 2016, bem como Regulamento Eleitoral baixado pela Comissão Eleitoral, em consonância com o previsto no Art. 27, incisos I ao XIX do Regimento Interno da APBM/RR.
2.3   Os casos omissos inerentes a esta Eleição do triênio 2016/2019, serão dirimidos pela Comissão Eleitoral, ora nomeada.

3.       DA INSCRIÇÃO DE CHAPAS

3.1   Fica aberto para as inscrições de chapas que concorreram ao referido pleito, no período de 02 a 06 de maio de 2016.
3.2   Conforme o Art. 67 do Estatuto desta associação, as inscrições serão recepcionadas na sede da APBM/RR pela Coordenadoria Executiva, com requerimento escrito endereçado a Comissão Eleitoral, no horário das 07h30 às 13h30.

4.       DA POSSE DOS ELEITOS PARA O TRIÊNIO 2016/2019

4.1   Determinar a data da posse dos novos membros do Colegiado Geral e Conselho Fiscal da APBM/RR, para o dia 01 de julho de 2016, em Assembleia Geral a ser convocada mediante edital próprio, conforme previsão estatutária e regimento em vigor.

5.       DAS DISPOSIÇÕES FINAIS

5.1   As despesas decorrentes desta Eleição envolvendo o trabalho da Comissão Eleitoral, serão custeadas pelos recursos próprios da arrecadação da APBM/RR.
5.2   Este edital entrará em vigor na data de sua primeira publicação em jornal de grande circulação no Estado de Roraima, o qual deverá ser publicado novamente na edição seguinte do mesmo jornal.
5.3   Revogam-se as disposições em contrário.

Boa Vista-RR, 28 de abril de 2016.


ROSINELDO NASCIMENTO DE OLIVEIRA
Coordenador-Geral em exercício da APBM/RR

domingo, 6 de abril de 2014

12 anos de luta – Parabéns APBM/RR

 

Parabéns APBM/RR

Os servidores públicos estaduais encarregados do policiamento ostensivo e do serviço de bombeiro foram consolidados na condição de militares na década de 60 por força do Decreto-Lei n.º 667/69, isto é, em plena vigência da ditadura militar. Ocasião em que se vivia sob a égide da segurança nacional, onde as forças policiais eram direcionadas mais para defesa dos interesses do governo da época do que para o controle da criminalidade.

Por sua vez os constituintes de 1988 não conseguiram desmontar todos os equívocos do regime ditatorial que então se desfazia. O fato é que esses servidores, permanecendo militares, conforme dispõe a atual Constituição Federal no art. 144, infelizmente têm alguns direitos suprimidos, como é o caso do direito à sindicalização.

Porém, logo entram em cena os argumentos de que os policiais militares dispõem de alguns privilégios em relação aos servidores públicos civis, como é o fato dos militares terem direito a aposentadoria com menos tempo de contribuição e com remuneração integral, por isso, justificaria a ausência de alguns direitos. Situação essa, que deveria ser entendida mais como reconhecimento ao desempenho de uma função com alto nível de estresse, do que simplesmente pelo fato de serem militares.

Pois bem, essa supressão ao direito de sindicalização e conseqüentemente ao direito de greve, causa prejuízos à categoria militar estadual, seja com relação à política salarial, condições de trabalho e obviamente a perfeita prestação de serviços à sociedade. O que tende a deixar o servidor militar estadual avesso às reivindicações e participação ativa em discussões políticas, em fim, ausente da natural luta de classe que deve existir em qualquer categoria de trabalhador.

E para fugir dessa tendência, do histórico opressor sobre a categoria, bem como tentar preencher uma lacuna imposta pela legislação, é que os policiais e bombeiros militares de todo o Brasil, buscam alternativas legítimas para fazerem valer o direito à efetiva participação em discussões relacionadas à vida profissional, ou seja, se organizam por meio de associações, seja por determinado círculo hierárquico: oficiais; subtenentes e sargentos; cabos e soldados, ou de forma abrangente, sem distinções de postos ou graduações.

A Associação dos Policiais e Bombeiros Militares de Roraima – APBM-RR, nasceu de aspirações de alguns alunos do curso de formação de Soldados PM masc./fem. – CFSD/2001, realizado na então Escola de Formação e Aperfeiçoamento de Policiais Militares - EsFA-PM. Os quais insatisfeitos com as condições salariais - pois não existia sequer lei de remuneração para policiais e bombeiros militares – realizaram reuniões durante o CFSD/2001, com objetivo de fundarem uma Associação formada propriamente por servidores militares estaduais.

Após a conclusão desse curso, intensificaram-se as reuniões, até que em 06 de abril de 2002, criou-se a APBM-RR.

Hoje completando 12 (doze) anos de história, sempre defendendo aquilo que é o mais importante, o militar estadual!!

Parabéns a todos os que fizeram e fazem parte desta história, parabéns a você militar estadual que corrobora com esta entidade de classe.

 

Quésia Mendonça
Coordenadora Geral

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Apoio Logístico no Carnaval 2014

 

A Associação dos Policiais e Bombeiros do Estado de Roraima - APBM/RR, a pedido de seus associados, comunica à categoria que dará apoio logístico a TODOS os policiais e bombeiros que estiverem de serviço no Carnaval de Boa Vista, na Avenida Ene Garcez, no período de 28 a 04 de março de 2014.

Serão disponibilizados: CALDO, CAFÉ e ÁGUA.

QUÉSIA MENDONÇA
Coordenadora-Geral da APBM/RR

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

NOTA DE PESAR

 

maxsonSD PM MAXSON COSTA 

Não existem palavras que possam consolar a perda prematura de um ente querido.

Desejamos de todo coração, em nome da Associação dos Policiais e Bombeiros Militares – APBM, que a família do SD PM MAXSON COSTA, possa encontrar em Deus a coragem que nunca lhes faltou, e manter o alento em seus corações. A nós pobres mortais não há nada o que fazer, a não ser chorar a perda de uma pessoa inestimável e de grande coração, um amigo, um guerreiro, um cumpridor de suas obrigações e acima de tudo um grande ser.

O coração do homem pode fazer planos, mas a resposta certa vem dos lábios do Senhor!

O coração do homem traça seu caminho, mas o Senhor lhe dirige os passos!

Rogamos a Deus, O Criador, Que Ele Abençoe estes familiares, Dê forças para terminar o restante da caminhada, e que um dia nos encontremos no Céu, com Aquele que é o doador e mantenedor da vida, juntamente com aqueles que amamos.


Quésia Mendonça

Presidente da APBM

sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Um ano à frente do Comando Geral da PMRR

 

edsonprola7

No dia 25 de janeiro de 2014 completou 01 (um) ano a frente do Comando Geral da Polícia Militar de Roraima o Senhor Coronel Edison Prola.

É com dever de Justiça que a Associação dos Policiais e Bombeiros Militares de Roraima – APBM/RR louva e agradece o empenho e dedicação, que serve para fortalecer a união e a integração da corporação, onde tivemos exemplos magníficos, e queremos reconhecer o que vem sendo feito apesar das dificuldades, que hoje são superadas como cursos que possibilitaram a ascensão profissional estimulando o policial militar (CSP, CAO, CHO, CAS, CFS e CFC); Cursos de Polícia Montada, Monitor de Educação Física, Operações de Choque, Rondas Táticas Motorizadas - Rotam, Mentores do Proerd, Operações em vias hídricas e de Policiamento Ambiental. O início para a formação da segunda turma de Oficiais da Polícia Militar, a convocação de mais 300 (trezentos) aprovados do concurso público realizado em janeiro de 2013 para a formação da segunda turma do Curso de Formação de Soldados – CFSd, incorporando em apenas um ano, 600 (seiscentos) policiais à tropa, preenchimento de 20 vagas de Soldado Músico que ingressarão na APICS em 2014, bem como a entrega de viaturas (carros e motos), armas curtas e longas e o curso de Força Tática a ser iniciado ainda neste ano.

Tamanho reconhecimento se dá ao exaustivo comprometimento com a tropa, que reconhece as atitudes que vem tomando ao longo deste curto espaço de tempo, fatores preponderantes que enaltecem o trabalho dos policiais militares, cuja sensibilidade incomensurável conseguem perceber tais atitudes, mas acima de tudo, de admiração, revelando o alto grau de profissionalismo, destacando no seio da opinião pública a imagem de seriedade e prudência ao fiel cumprimento das atribuições do policial militar em preservar a ordem pública e a incolumidade das pessoas e do patrimônio.

Finalizando, desejamos prestar nossa sincera homenagem e que continue abrilhantando este grande Comando e com certeza, há de entrar para a história como o melhor Comandante Geral da Polícia Militar de Roraima.


Quésia Mendonça
Presidente da APBM/RR

sábado, 28 de dezembro de 2013

Nota de pesar

 

IMG-20131229-WA0014 
Foto tirada em Tepequém 

A APBM vem por meio desta oferecer os pêsames ao SD PM G. SILVA e seus familiares pela perda de seu filho ocorrida durante excursão na serra do Tepequém (28/12/13).

Lamentamos a perda e sabemos que a dor é inevitável, mas lembre-se que Deus sabe o que faz. Desejamos e pedimos ao Senhor que conceda o conforto necessário à sua família, parentes e amigos.

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Feliz Natal e um Próspero Ano Novo

APBM

COMUNICADO

 

O Colegiado Geral da APBM/RR comunica aos sócios – Policiais e Bombeiros Militares, que em virtude do natal e ano novo o nosso atendimento sofrerá alteração: no dia 23/12 entraremos em recesso e o atendimento será somente sobreaviso de coordenadores para emergências, normalizaremos o atendimento no dia 06/01/2014.

Em caso de emergência, ligar para os Fones:

9134-4109 / 9112-0931/9143-2072/9132-7922.

(Quésia) (Nazário) (Richarley) (Carlos)

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

AÇÃO DOS 5% – Parte 2

 

Alguns policiais e bombeiros militares que entraram com a “Ação dos 5%” foram agraciados pelo trânsito em julgado.

Na decisão o Estado foi condenado ao pagamento do índice de reajuste anual previsto no Art. 1º da Lei nº 331/2002, à base de 5%, sobre as respectivas remunerações, no que refere os anos de 2002 e 2003, acrescidos do reflexo em todas as gratificações, adicionais, 13º salário, férias e abono de 1/3 sobre as remunerações de férias.

Nos processos nº 0010.05.112430-2, 0010.05.114156-1, 0010.05.116344-1 e 0010.06.128277-7 julgados com tal decisão, foram um total de 51 (cinquenta e um) beneficiados.

A ação continua tramitando, deliberando resultados positivos e outros negativos.

Partindo deste pressuposto, cabe ressaltar que esta APBM não entrou com nenhuma ação judicial, mas cada associado (individual).

A APBM atualmente está trabalhando com outro escritório de advocacia, mas o escritório anterior continua passando as devidas informações necessárias para fomentar as dúvidas dos impetrantes da ação.

Neste sentido, a APBM criou um grupo no WhatsApp para solucionar as dúvidas daqueles que ingressaram com a referida ação em 2007.

Para fazer parte é só mandar mensagem com Cadastro, Posto/Graduação e nome completo para o coordenador SD PM Brito (91257476).

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Ação dos 5%

 

Em 2007, o funcionalismo público do Estado de Roraima recebeu 5% de aumento, deixando os militares da PMRR e CBMRR de fora, por entenderem que somos regidos por legislação própria.

Neste mesmo ano, a APBM entrou em contato com o Advogado que prestava serviço a esta Associação, buscando verificar o direito de reivindicar o mesmo reajuste.

A resposta obtida foi que todos tinham direito ao aumento, pois “funcionários públicos” também somos. Neste sentido, foi solicitado aos sócios desta entidade que pudessem promover uma ação contra o Governo do Estado no mesmo ano (2007) para perceberem o devido reajuste.

A ação está tramitando até o presente momento, deliberando resultados positivos e outros negativos.

Partindo deste pressuposto, cabe ressaltar que esta APBM não entrou com nenhuma ação judicial, mas cada associado (individual).

A APBM atualmente está trabalhando com outro escritório de advocacia, mas o escritório anterior continua passando as devidas informações necessárias para fomentar as dúvidas dos impetrantes da ação.

Neste sentido, a APBM criou um grupo no WhatsApp para solucionar as dúvidas daqueles que ingressaram com a referida ação em 2007.

Para fazer parte é só mandar mensagem com Cadastro, Posto/Graduação e nome completo para o coordenador SD PM Brito (91257476).

PMESP estabelece limite de quilometragem para as viaturas

Situação bastante inusitada: a PMESP decidiu limitar a quilometragem que as guarnições policiais militares podem percorrer nas viaturas. Segundo a matéria uma viatura não pode ultrapassar 40 quilômetros em um turno de serviço (que geralmente vai de 8 a 12 horas). Tem até policial militar respondendo processo disciplinar por rodar mais que isso.

Fonte: AbordagemPolicial

ORIENTAÇÕES AOS MILITARES QUE TIVERAM SUAS CONTAS CORRENTES BLOQUEADAS


1. Verificar como o gerente a motivação do bloqueio. O mesmo emitirá certidão ou informará verbalmente se foi em decorrência da "Ação dos 5%" ou doutra.

2. Caso seja por causa da "Ação dos 5%" a parte interessada deve se dirigir ao Escritório do Dr. Jhonson, na Rua Tacutú, 767, Bairro São Vicente, nesta capital.

3. O Advogado que ainda atua no processo tem o maior interesse em tomar as medidas necessárias ao desbloqueio da conta.

RAZÕES DO BLOQUEIO


Recebemos as seguintes informações do Dr.Johnson:
1. O magistrado não se sentiu convencido de que alguns policiais e bombeiros realmente eram militares estaduais, ou seja, se tinham legitimidade para requerer na ação.

2. O Procurador do Estado abusou do direito dele em pedir a extinção de alguns processos por falta de legitimidade dos impetrantes.

3. Por essa razão houve condenação de algumas pessoas.

4. Dentre os militares que fazem parte desses processos alguns foram sorteados com o bloqueio em suas contas. Em vem de dividir em partes iguais foras escolhidos alguns poucos CPFs.

5. O doutor está contestando o valor da condenação, que foi relativamente alta, achando ele que a condenação deve ficar em por volta R$ 2.000,00 incluindo correções. O que daria +- R$ 21,00 para cada condenado.

6. O advogado GARANTIU A POSSIBILIDADE DE DESBLOQUEIO DAS CONTAS CORRENTES.

7. O mesmo vai dar entrada com as medidas cabíveis, o que não trará prejuízos ao julgamento do mérito de nenhum dos integrantes desses processos, mesmo aqueles que tiveram seu valores bloqueados.

***GRUPO AÇÃO DOS 5%***


1. Criamos o grupo que é o portal de contato da APBM com os policiais e bombeiros que entraram com a "Ação de Cobrança dos 5%" contra o Estado de Roraima.

2. Para fazer parte é só mandar mensagem pelo WHATSAPP com NOME, POSTO/GRADUAÇÃO e CADASTRO para o coordenador PM Junot Brito (91257476).

3. Estaremos respondendo perguntas e tirando dúvidas das 08:00 às 18:00 por meio do referido grupo - sem prejuízo de outros meios.