Material para Concurso de Sargentos

domingo, 17 de abril de 2011

NOVA ESTAÇÃO


Por: Geraldo Medeiros


Pelo que percebo, o inverno chegará trazendo bons ventos e calor forasteiro que já aquece a alma. Sua nitidez imaginária, insistentemente, vem como flashs à mente. Já era tempo de abandonar sua gélida rotina e dissolver a montanha rígida e branca, sem cor, para inundar o oceano de paixão. Para que hibernar uma vida inteira, quando se pode sentir o sol e correr por entre campos ansiosos também por calor, para então reviverem?

Mesmo tal estação, porventura não tão propícia, nada obsta viver, quem sabe, momentos mais uma vez - ou primeiros - nobres, recíprocos, não conhecidos, estranhos, loucos...

Hibernei por um longo período. Despertei. Se me arrepio enquanto discorro letras, não de retalhos, de fato, despertei. Percebo então que para o amor não tem de haver prorrogação, na ideia abstrata envolvida por concreta, na esperança do semelhante ou do distinto idealizado. Amor é para hoje, melhor se fora antes e como nunca fora. Cada um dele com sua respectiva dor. Se necessário for, teremos de senti-la sem olvidar que antecipadamente fomos felizes.

Emocione-se! Estenda os braços e corra. Cada toque do vento uma nova sensação, eis a vida.

Apaixone-se! Descubra como é não encontrar o sono pela perturbação e inquietação da imagem projetada na mente, que persiste. Alguém acabara de desembarcar na sua vida.

Sorria por nada. Deixe que os outros pensem que é pura sandice. “Depois de você, os outros são os outros”. Loucura boa, tem cura, que cura.

Permita que o inverno venha desembestado. Abrace-o. Não use de escusas para impedi-lo. Receba-o calorosamente e tudo se transformará, até você. Tome suas lições. Não veja dificuldades no frio. Aqueça-se no seu acalanto, sem pensar nas próximas e imprevisíveis estações. Viva suas emoções!

Fonte: Letras de Retalhos – BLOG

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados neste blog deverão ser identificados, não sendo mais permitidos comentários anônimos. Para poder comentar você deve fazer parte deste blog clicando em "CADASTRE-SE NO BLOG - Fazer parte deste site".

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.