Material para Concurso de Sargentos

quarta-feira, 6 de abril de 2011

PEC 300, Revista Veja e estratégias de repercussão

 


Para uma categoria que sempre reclamou, muitas vezes com razão, da desídia da opinião pública em relação a suas carências e reivindicações, a atenção que grandes meios de comunicação vêm dando à Proposta de Emenda Constitucional nº 300, a PEC 300, é algo louvável.

Quem mais uma vez citou a PEC 300, e publicou na página principal de seu blog, no portal da Revista Veja, comentários de leitores policiais descrevendo a situação de suas corporações, foi o jornalista Ricardo Setti, numa matéria intitulada “PMs de todo o Brasil relatam vidas dramáticas”:

“Amigos desta coluna, desde que começamos a acompanhar no blog, por dever profissional, a tramitação da proposta de emenda constitucional que fixa um piso salarial para policiais militares e bombeiros em todo o país, recebemos mais de 2.000 comentários de interessados de praticamente todos os Estados brasileiros.

Boa parte dos comentários, além conter apoio à chamada PEC-300 (que oficialmente já nem mais leva este nome), descreve as agruras da vida dos leitores PMs e bombeiros de todo o país. Entre as muitas experiências relatadas, a repórter Domitila Becker, meu braço direito, selecionou algumas para compartilhar com vocês.

Como jornalista, sei perfeitamente que os problemas das corporações não se limitam aos baixos salários. Há falta de treinamento e de critérios mais modernos de avaliação, regulamentos superados, equipamento sucateado ou insuficiente, poucas viaturas — e corrupção, abusos e violações dos direitos humanos, que muitos comandantes combatem, e outros não. Nos relatos abaixo, nos limitamos a reproduzir trechos de comentários em que policiais e bombeiros contam as durezas da vida de quem exerce um papel social importante, arrisca muito e ganha pouco.”

Clique para ler os relatos de policiais de todo o Brasil

A provocação a jornalistas e blogueiros com alguma notoriedade no país, formadores de opinião conhecidos, pode ser uma boa estratégia de repercussão para a PEC 300, em contraposição à “operação abafa” que os governos realizam com alguns meios de comunicação. Se você lê/conhece/acompanha algum blogueiro que possa ajudar na repercussão do Piso Salarial Nacional para os policiais e bombeiros brasileiros, recomende e sugira a PEC 300 como pauta.

E não esqueça de deixar seu comentário no post do jornalista da Veja, um importante aliado no acompanhamento da PEC 300.

 

Fonte: Abordagem Policial

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados neste blog deverão ser identificados, não sendo mais permitidos comentários anônimos. Para poder comentar você deve fazer parte deste blog clicando em "CADASTRE-SE NO BLOG - Fazer parte deste site".

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.