Material para Concurso de Sargentos

domingo, 8 de maio de 2011

Militares fecham batalhões da PM em Porto Velho e exigem soltura de policial Jesuíno

A prisão do policial militar Jesuíno Boabaid, por ordem da Justiça Militar, na quinta-feira pelo Comando de Operações Espeicais, desencadeou uma nova revolta na corporação.No início da tarde de hoje, policiais militares e familiares de praças da PM fecharam os portões do 1º e 5º batalhões da capital.

O movimento paredista exige a soltura do soldado Jesuíno e ainda o cumprimendo do acordo feito entre o Comando Grevista e o Governo do Estado. Hoje à tarde, o jogo entre Genus e  Ariquemes, pelo Campeonato Rondoniense de Futebol, foi adiado por falta de segurança. A situaão está tensa e os policiais prometeram não arredar o pé de frente aos batalhões até a soltura do companheiro e o cumprimento dos acordos. O deputado estadual Hermínio Coelho (PT) está no local dando apoio ao movimento e pretende fazer parte da comissão que vai negociar com o Governo do Estado. O movimento paredista está contando com o apoio memorável do deputado estadual de Roraima, Francisco dos Santos Sampaio (PC do B), que também é policial militar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados neste blog deverão ser identificados, não sendo mais permitidos comentários anônimos. Para poder comentar você deve fazer parte deste blog clicando em "CADASTRE-SE NO BLOG - Fazer parte deste site".

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.