Material para Concurso de Sargentos

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

HOMENAGEM AO DIA DO SOLDADO


dia do soldadoO dia do soldado é comemorado no dia 25 de Agosto. A data, que tem por objetivo homenagear o trabalho dos membros do Exército Brasileiro, foi instituída em homenagem a Luís Alves de Lima e Silva, patrono do Exército brasileiro, nascido em 25 de agosto de 1803. Com pouco mais de 20 anos já era capitão. Luís Alves de Lima e Silva – Duque de Caxias -lutou e defendeu o Brasil em confrontos externos e internos.

Soldado é uma graduação do fundo da hierarquia militar. O termo soldado deriva do latim solidarius – alguém que é pago para servir. No Brasil, o serviço militar é obrigatório por lei desde 1908. Ao completar 18 anos, todo rapaz deve se cadastrar em alguma das forças armadas (Marinha, Exército ou Aeronáutica). Na estrutura do governo brasileiro, estas estão integradas ao Ministério da Defesa e tem por objetivo a defesa dos direitos constitucionais.

A carreira de soldado proporciona ao jovem o aprendizado de valores como disciplina, organização, amor à pátria, solidariedade e perseverança, entre vários outros que orientam suas atividades dentro e fora do quartel.

O soldado exerce atividade em tempos de guerra e na manutenção da paz, dentro e fora do país. Presta auxílio à população em situações de calamidade.

Ao longo do século XX, o Dia do Soldado foi perdendo a sua popularidade e não mais é um dia público de festividade, nem mesmo são mais organizadas paradas militares em sua honra. Hoje as forças armadas brasileiras são homenageadas no dia 7 de Setembro, quando é comemorada a independência do Brasil de Portugal, ou no dia 15 de novembro, data em que se comemora a Proclamação da República.

A “Polícia Militar”, considerada força auxiliar das Forças Armadas possui em seu quadro nobres combatentes que guarnecem a população de todo o País com o dilema ditatorial “Servir e Proteger”, enfatizando e enobrecendo o serviço que lhe é imcubido.

Enquanto a sociedade dorme, há policiais acordados buscando dar segurança à população que fica a mercê de marginais (Segundo Aurélio: Diz-se de pessoa que vive à margem da sociedade ou da lei como vagabundo, mendigo ou delinqüente; fora-da-lei.).

Quando há políticas sérias de investimento na segurança, educação e saúde, dificilmente teremos índices elevados de tais “marginais”, pois o que ressalta o Estado para receber mais verba do Governo Federal, são as estatísticas elevadas de crimes, justamente para se favorecerem de tais repassses. Grifo meu.

Feliz dia do Soldado!

Associação dos Policiais e Bombeiros Militares de Roraima
”Em defesa do Militar Estadual”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados neste blog deverão ser identificados, não sendo mais permitidos comentários anônimos. Para poder comentar você deve fazer parte deste blog clicando em "CADASTRE-SE NO BLOG - Fazer parte deste site".

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.