Material para Concurso de Sargentos

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Bom dia (Folha de Boa Vista)

 

Enquanto as autoridades discutem como enfrentar a onda de violência que ocorre em Boa Vista, os policiais continuam reclamando de falta de estrutura e de efetivo para trabalhar. Os policiais militares são os mais cobrados, pois a eles compete o policiamento ostensivo e de forma preventiva. Mas não é bem isso o que está ocorrendo.

Conforme um policial que enviou e-mail para a FolhaWeb, a Polícia Militar está trabalhando como “bombeiro”, ou seja, chega ao local somente para apagar o fogo. E quem está na linha de frente diz que nada está sendo feito para mudar esse quadro e os comandantes estão dando explicações para imprensa fora da realidade.

Hoje a PM faz atribuições que não lhe competem, como cuidar de preso que deveria estar sob a responsabilidade da Secretaria Estadual de Justiça e Cidadania. Dezenas de policiais militares estão sendo empregados para cuidar dos presídios. Não bastasse isso, mais uma parte do efetivo é desviada das ruas para cuidar de presos civis que estão no Comando de Policiamento da Capital (CPC).

Além dos que estão cedidos em desvio de função, trabalhando como segurança de autoridades e de prédios de outros poderes, além dos que se aposentam, morrem ou pedem licença, esses são os principais motivos que explicam por que faltam PMs para trabalhar ostensivamente e preventivamente nas ruas de Boa Vista.

Um exemplo que comprova falta de planejamento para atacar a onda de violência são os casos de assassinatos. Quando há informação de que foi encontrado um corpo ou que alguém morreu no trânsito, aparecem inúmeras viaturas da PM e da Polícia Civil no local. Mas quando um cidadão liga para pedir ajuda, a resposta é que não há viatura nem gasolina.

Então, é hora de agir para mudar esse quadro desfavorável de insegurança e de inércia das polícias. Enquanto não houver vontade política para encarar os problemas, a PM continuará atuando como “bombeiro” e o cidadão vai morrer ligando pedindo uma viatura para o socorrer.

PROTESTO 1
Com o anúncio de um novo reajuste do preço da gasolina e do diesel, que consequentemente está provocando um efeito em cascata, o sindicalista Jorge Schwinder decidiu que vai fazer um protesto solitário, na sexta-feira, em frente ao Palácio Senador Hélio Campos, como forma de chamar a atenção da sociedade e das autoridades.

PROTESTO 2
Schwinder afirmou que, em princípio, pretende protestar sozinho, como cidadão, empunhando faixa de protesto, mas agradeceria se mais cidadãos revoltados com os reajustes de combustíveis, alimentos, peças de veículos e outros também se juntassem a ele. “Chega, não dá mais para suportar calado”, afirmou.

LUCRO
Há donos de postos de combustíveis sorrindo à toa. Já no primeiro reajuste, havia empresário comemorando estimativa de lucro de R$ 200 mil na sua rede de postos, já que ele começou a vender o litro da gasolina acima de R$ 3,00, mesmo antes de ter renovado o estoque, que foi adquirido com preço antigo.

AUMENTO
Na onda de aumento de preço, os donos de restaurantes reclamam que o peixe de pele foi reajustado em até 30%. Isso significa que, para a Semana Santa, a comida à base de pescado, principalmente a caldeirada, terá reajuste na mesma proporção para o consumidor final.

CUNHADO
O governador Anchieta Júnior (PSDB) nomeou o cunhado dele, Shérisson Bruno Oliveira Pinheiro, para o cargo de secretário adjunto da Secretaria de Estado Extraordinária de Articulação Institucional e Promoção de Investimentos (Seapi). A nomeação está publicada no Diário Oficial do Estado de 1º de abril para quem quiser conferir.

POSSE 1
Quase três meses depois de cassado, o deputado federal Chico das Verduras (PRP) continua no cargo. A cassação ocorreu no dia 11 de fevereiro e no dia 3 de março, foi julgado e negado o embargo da defesa, confirmando a perda do cargo. Com base no Regimento Interno, a Câmara Federal abriu prazo para ampla defesa de Chico das Verduras no dia 25 de março, mas ainda não decidiu pela posse do suplente, o delegado Francisco (PSL).

POSSE 2
Embora a Câmara nunca tenha deixado de cumprir uma determinação da Justiça Eleitoral, até agora a Mesa Diretora não se reuniu para pôr um ponto final no caso de Chico das Verduras. A estimativa é que na próxima semana a Mesa se reúna, quando o assunto da cassação deverá entrar em pauta, com a consequente posse de Delegado Francisco.

GASTOS
Enquanto isso, Chico das Verduras continua fazendo de tudo para se manter no cargo. A informação que a Parabólica recebeu é que o parlamentar cassado já gastara R$ 25 mil de verba de gabinete somente com advogados.

DELEGACIA 1
Os membros do Conselho Municipal de Defesa da Criança e do Adolescente ficaram indignados com o fato de o Governo do Estado ter construído a Delegacia de Defesa da Mulher com toda a estrutura e deixado para trás o projeto de construção da Delegacia Especializada de Defesa da Infância e Juventude. Eles dizem que a atual Delegacia da Infância não tem a mínima estrutura, por isso deveria ser considerada um núcleo.

DELEGACIA 2
A indignação dos conselheiros foi exposta numa reunião realizada ontem à tarde com representantes da imprensa. A informação é que há cinco anos o Ministério da Justiça alocou verbas para construir a Delegacia Especializada da Infância, mas o Governo do Estado não mostrou interesse algum e o recurso acabou voltando.

ISOLAMENTO
A Assembleia Legislativa do Estado tem dois elevadores que eram utilizados por todos, parlamentares, funcionários e visitantes. Mas a Casa decidiu isolar um dos elevadores para uso exclusivo dos parlamentares, que agora entram e saem sem ser incomodados por ninguém.

 

Fonte: Folha de Boa Vista

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados neste blog deverão ser identificados, não sendo mais permitidos comentários anônimos. Para poder comentar você deve fazer parte deste blog clicando em "CADASTRE-SE NO BLOG - Fazer parte deste site".

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.