Material para Concurso de Sargentos

terça-feira, 10 de maio de 2011

Secretário de Segurança ameaça PMS com até 20 anos de cadeia


Ele não descarta novas prisões e disse que possui vídeos identificando os manifestantes. As imagens serão usadas para punir os revoltosos, disse Marcelo Bessa.

Enquanto o governador Confúcio Moura (PMDB) fazia um discurso de apaziguamento dos policiais militares, o secretário de Segurança Pública de Rondônia, Marcelo Bessa, partiu para a ameaça explícita aos PMS que se aquartelaram no último final de semana em protesto contra a prisão do policial Jesuíno Boabaidi e o descumprimento de acordos assumidos com a categoria por parte do Governo.

A ameaça de Marcelo Bessa contra os manifestantes foi feita na tarde desta segunda-feira (9), durante entrevista à imprensa , na sede do Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

O secretário disse que dispõe de vídeos onde aparecem os manifestantes e que estas imagens serão usadas em inquéritos que podem resultar em processos judiciais e consequentes condenações de 8 a 20 anos de prisão para “os amotinados”., como ele classificou os policiais militares. O secretário disse que a própria PM fez vídeos que identificam os manifestantes.

ANISTIA Bessa, que já foi PM e é da Polícia Federal, afirmou que se algum parlamentar federal se comprometeu com anistia aos insurgentes “essa é uma questão que eles (os parlamentares) terão que resolver no Congresso”.

O secretário também criticou a associação e familiares dos policiais militares, chamando-a de anti-democrática, e acusando-a de querer jogar os policiais uns contra os outros.
Pela primeira vez, um membro do Governo Confúcio admitiu que a prisão do líder dos praças, Jesuíno Boabaidi, foi pedida pela Polícia Militar, porque o soldado – nas palavras do secretário – estaria colocando em risco a ordem pública.

NOVAS PRISÕES “Os fatos estão sendo apurados e, no decorrer destas investigações, não se descartam novas prisões, pois se trata de uma greve abusiva, ilegal, um crime de motim e revolta cujas penas vão de 8 a 20 anos de prisão”.


Fonte: Tudo Rondônia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados neste blog deverão ser identificados, não sendo mais permitidos comentários anônimos. Para poder comentar você deve fazer parte deste blog clicando em "CADASTRE-SE NO BLOG - Fazer parte deste site".

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.