Material para Concurso de Sargentos

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Sampaio cobra resultados do governo na Segurança Pública

SOLDADO SAMPAIO  FOTO (48)

O Deputado Soldado Sampaio (PC do B) cobrou ontem na tribuna da ALE-RR resultados do Governo do Estado com relação aos serviços da Segurança Pública em Roraima. Ele lembrou que no mês de março a Casa realizou uma audiência pública para debater o setor e que as propostas que foram feitas na oportunidade não se concretizaram até então.

De acordo com ele, o governo promove uma campanha “enganosa” quando divulga a auisição de viaturas e equipamentos comprados pela União. “É preciso desmistificar e informar a sociedade que o governo federal é que investe no setor, enquanto o governo estadual não compra sequer uma viatura com recursos próprios. O dinheiro gasto pelo Estado para espalhar outdoors pelo Estado dando a entender que está fazendo algo daria para tirar várias viaturas que estão paradas por causa de uma bateria ou peças de baixo custo”, comentou.

De acordo com ele, nos últimos oito anos a Secretaria Nacional de Segurança Pública assinou quase R$ 60 milhões em recursos por meio de convênios com o Governo do Estado, que teria arcado com contrapartidas mínimas. Entre os exemplos apontados por eles, está o convênio para implantação de solução de vídeo monitoramento em Boa Vista, com a interligação das unidades militares. O projeto contemplou o Estado com R$ 1.331.071,82 oriundos do Ministério da Justiça com contrapartida de R$ 14.800,00 do Governo. “O dinheiro foi liberado e hoje existem apenas duas câmeras na cidade, ambas próximas a uma revendedora de veículos”, acusou.

Sampaio afirmou que a situação estrutural do setor é caótica. “Os efetivos das Polícias Militares e Civil estão defasados” , os profissionais acumulam perdas salarias, o governo nem se quer investe em recursos humanos. A estrutura das delegacias e quartéis estão caindo na cabeça dos policiais.

Em Iracema a delegacia de polícia está fechada, os quartéis da PM em São João da Baliza e Novo Paraíso estão fechados e o Comando do Policiamento da Capital está para cair na cabeça dos policiais, não foi criada nenhuma delegacia, no 4º DP não tem estrutura, tem infiltração e esgoto estourado”, salientou.

POSIÇÃO – O líder do Governo na Casa, Célio Wanderley (DEM), minimizou as críticas feitas pelo Soldado Sampaio e disse que esse é o papel da oposição. “O Governo tem dificuldades, mas não na proporção que os deputados da oposição colocam, a realidade é outra. Não vou responder todas as críticas. Estamos cuidando dos projetos, e o que tiver fundamento vou correr atrás. Sei das dificuldades que tem na Secretaria de Segurança, mas quando chegam viaturas a oposição criticam que são insuficientes, carros quebram a todo lugar e a toda hora, sendo particular ou da Instituição, a difereça é que no poder público demora tempo para consertar”, finalizou.

INICIATIVAS – O Deputado Coronel Chagas (PRTB) defendeu as discussões em torno do projetos que tratam do setor de Segurança Pública e pediu empenho à Comissão de Segurança, presidida pelo Dep. Jean Frank (PMN), nas questões que tratem das alterações e criações de cargos e salários dos servidores da pasta.

Chagas entendeu que as discussões em torno destes projetos podem ser classificadas como políticas de “salários equilibrados”. Para todas as categorias policiais militares e civis. “Para trabalhar com empenho e necessário ter motivação e para que isso aconteça precisamos garantir igualdade a eles. As discussões devem ser ampliadas para que haja isonomia de salários dentro de cada corporação”, ponderou.

Soldado Sampaio pediu que Chagas assumisse a condução das negociações entre as categorias e a Base Governista e frisou o notório conhecimento que o parlamentar tem com a Segurança Pública no Estado. “Vamos duscutir também sobre o Estatuto da Polícia Militar, que até hoje não saiu do papel, pois o Governo não se manifestou ainda sobre o assunto”, informou.

Fonte: Folha de Boa Vista (Folha Impressa)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados neste blog deverão ser identificados, não sendo mais permitidos comentários anônimos. Para poder comentar você deve fazer parte deste blog clicando em "CADASTRE-SE NO BLOG - Fazer parte deste site".

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.