Material para Concurso de Sargentos

sábado, 16 de junho de 2012

TROCA DE TIROS: Assaltante morre no hospital e major baleado perde a visão

 

Momento em que o assaltante Fabrício “Cavernoso” foi resgatado pelos policiais depois de ferido à bala

Por: NONATO SOUSA

O albergado Fabrício das Chagas Silva, 25, apelidado de Cavernoso, baleado durante troca de tiros com policiais militares depois de invadir um comércio para assaltar no bairro São Francisco, na quinta-feira à tarde, morreu no Centro Cirúrgico do Hospital-Geral de Roraima, horas depois, à noite, enquanto era submetido a uma intervenção cirúrgica.

Segundo informação da Divisão de capturas (Dicap) da Secretaria de Justiça e Cidadania, Fabrício Cavernoso era condenado por crime de roubo e cumpria a pena no regime semi-aberto na Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, de onde saía durante o dia supostamente para trabalhar e deveria retornar à noite para dormir na prisão. Na quinta-feira, entre 16 e 17 horas, ele entrou no pequeno comércio localizado na rua Agnelo Bitencurt agindo como se fosse um cliente, mas logo sacou uma arma da cintura e anunciou o assalto.

Populares perceberam o assalto e ligaram para a Polícia Militar e, em pouco tempo, uma guarnição da corporação chegou ao local, momento em que, ao perceber a chegada dos policiais, ele pegou uma mulher e uma criança de 3 anos como reféns. Ao se ver cercado, o assaltante atirou contra a guarnição policial e atingiu o major José Augusto Arruda de Souza no rosto, ainda dentro da viatura.

Cavernoso atirou contra o cachorro da família que estava na casa e, ao trocar tiros com os policiais, acabou baleado com dois tiros que o acertaram na região do abdome e em uma das pernas, momento em que os militares invadiram a casa e libertaram a mulher e a criança.


Momento em que o bandido Cavernoso foi socorrido depois do tiroteio

Eles retiraram o assaltante baleado dentro de uma rede e o colocaram na ambulância do Resgate do Corpo de Bombeiros. Cavernoso foi removido ao pronto Socorro Francisco Elesbão, para onde também foram o oficial baleado e a mulher refém, que estava bastante abalada, porém ela não ficou ferida durante a troca de tiros.

Do Pronto Socorro, Cavernoso e o major Arruda foram levados para o Centro Cirúrgico do HGR, onde o bandido acabou morrendo. O corpo do albergado foi removido ao Instituto de Medicina Legal (IML) e ontem pela manhã, após a realização do exame cadavérico, foi entregue para a família fazer o sepultamento.

Major baleado por bandido perde visão do olho esquerdo


Policiais militares invadiram a casa onde estava o bandido com os reféns


A Folha apurou ontem, com fontes do Hospital-Geral de Roraima (HGR) e da Polícia Militar, que o major José Augusto Arruda de Souza, baleado no rosto por um tiro de revólver calibre 38, efetuado pelo assaltante Fabrício das Chagas Silva, o Cavernoso, perdeu a visão do olho esquerdo e está com a visão do olho direito comprometida.

Arruda foi baleado quando chegava para dar apoio aos colegas de farda que atendiam a ocorrência de tentativa de assalto com reféns, em que o então albergado Fabrício Cavernoso protagonizava a ação criminosa. O oficial foi baleado ainda dentro da viatura. Segundo informou um colega de farda dele, o tiro atingiu a lataria da viatura, depois atravessou o pára-brisa dianteiro do carro e atingiu o major no olho.

Segundo informações colhidas com fontes da unidade hospitalar onde o militar foi atendido, o projétil se alojou no cérebro do oficial, fato que impediu a equipe médica de cirurgiá-lo para retirar a bala. Arruda chegou a ser encaminhado ao Centro Cirúrgico e, diante do impedimento do procedimento cirúrgico, os profissionais que o atenderam realizaram uma limpeza no olho da vítima.

O oficial já saiu do Centro Cirúrgico e se encontra em recuperação em um dos blocos do HGR. Ele está sendo mantido sob vigilância policial e as visitas estão sendo controladas.

Fonte: FolhaBV

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários publicados neste blog deverão ser identificados, não sendo mais permitidos comentários anônimos. Para poder comentar você deve fazer parte deste blog clicando em "CADASTRE-SE NO BLOG - Fazer parte deste site".

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.